Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Parábola do samaritano...Soldados feridos...

Lucas 10:25-37


Um mestre da Lei se levantou e, querendo encontrar alguma prova contra Jesus, perguntou: —Mestre, o que devo fazer para conseguir a vida eterna?
Jesus respondeu: —O que é que as Escrituras Sagradas dizem a respeito disso? E como é que você entende o que elas dizem?
O homem respondeu: —“Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma, com todas as forças e com toda a mente. E ame o seu próximo como você ama a você mesmo.”
—A sua resposta está certa! —disse Jesus. —Faça isso e você viverá.
Porém o mestre da Lei, querendo se desculpar, perguntou: —Mas quem é o meu próximo?
Jesus respondeu assim: —Um homem estava descendo de Jerusalém para Jericó. No caminho alguns ladrões o assaltaram, tiraram a sua roupa, bateram nele e o deixaram quase morto.
Acontece que um sacerdote estava descendo por aquele mesmo caminho. Quando viu o homem, tratou de passar pelo outro lado da estrada.
Também um levita passou por ali. Olhou e também foi embora pelo outro lado da estrada.
Mas um samaritano que estava viajando por aquele caminho chegou até ali. Quando viu o homem, ficou com muita pena dele.
Então chegou perto dele, limpou os seus ferimentos com azeite e vinho e em seguida os enfaixou. Depois disso, o samaritano colocou-o no seu próprio animal e o levou para uma pensão, onde cuidou dele.
No dia seguinte, entregou duas moedas de prata ao dono da pensão, dizendo: —Tome conta dele. Quando eu passar por aqui na volta, pagarei o que você gastar a mais com ele.
Então Jesus perguntou ao mestre da Lei: —Na sua opinião, qual desses três foi o próximo do homem assaltado?
—Aquele que o socorreu! —respondeu o mestre da Lei. E Jesus disse: —Pois vá e faça a mesma coisa.


Soldados feridos...


 Somos o exercito de Cristo e travamos batalhas diariamente e infelizmente, como toda batalha, temos baixas, essas baixas são os que se desviaram do Caminho, são aqueles que são tragados pelas coisas do mundo, eles são os soldados feridos da igreja !!!  E o que estamos fazendo com isso?? Por vezes nos comportamos como o sacerdote e o levita da parábola e passamos ao largo como se não tivessemos nada a ver, simplesmente, ignoramos, e julgando aquele 'ferido' já sem solução o deixamos à morrer. Não podemos esmorecer diante das aparências.Deus não olha a aparência!! Nossa atitude não pode e não deve depender dos nossos julgamentos...quero dizer não devemos pensar : " ah, não vou falar de Jesus pra fulano porque ele já conhece e não vai adiantar...". Nosso papel é sempre o de estender a mão e socorrer.

Meu Deus, Meu Senhor! Precisamos mudar nossas atitudes quanto a essa situação. Precisamos resgatar nossos soldados e cuidá-los ,devemos, como o samaritano, nos dedicar a eles de forma especial e traze-los de volta ao corpo de Cristo. Precisamos conhecer as Escriturase buscar vivê-la sempre. "—“Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma, com todas as forças e com toda a mente. E ame o seu próximo como você ama a você mesmo.”
Tema da célula de 26/11/2010
Reunião realizada na casa de César e Valeria

Um comentário:

  1. Amados estamos vivendo um tempo onde as palavras que tem sido compartilhada nas células e nas celebrações aos Domingos tem sido manar de Deus para as nossas vidas, trazendo um entendimento de vida com Deus e de busca, tem dos assim um alimento que nos leva a pregar vida de Deus para outras pessoas e assim despertá-las ao caminho da Salvação. Mais essa palavra nos trata e nos mostra que precisamos tomar cuidado com o que falamos e fazemos, não devemos ser assassinos do nosso próprio povo, trazendo também para mim que quando ferimos nosso próprio soldado e não cuidamos deles nos tornamos mutiladores do CORPO DE CRISTO.

    ResponderExcluir

Blogs que sigo